Síntese: FC Porto confirma apuramento, Shakhtar, de Paulo Fonseca, também

Síntese: FC Porto confirma apuramento, Shakhtar, de Paulo Fonseca, também

Marcaram, para os ucranianos, Bernard (aos 26 minutos) e Ismaily (32).

O Shakhtar Donetsk, de Paulo Fonseca, impôs a primeira derrota da época à equipa inglesa, ao vencer por 2-1.

Assim, o Shakhtar chegou a 12 pontos e passou na segunda posição do grupo F. O City foi líder com 15.

Em campo, o Manchester City em nada lembrou o time que domina os adversários e chega fácil no ataque.

Os dois gols do Shakhtar saíram no primeiro tempo. Só restou ao lateral esquerdo brasileiro completar para o gol vazio. O atacante, ex-Atlético Mineiro e xodó de Felipão na Copa de 2014, recebeu, cortou para o meio e chutou colocado no ângulo esquerdo.

O goleiro do City falhou no segundo gol: aos 31 minutos, ele saiu muito mal do gol e foi driblado por Ismaily.

No segundo tempo, os dois times pouco quiseram jogar e quase nada de bom aconteceu.

O FC Porto assegurou o segundo lugar do agrupamento e pode marcar encontro nos 'oitavos', por exemplo, com o Manchester City, que já tinha garantido a vitória no grupo A, antes de visitar a Ucrânia.

Escalação do Manchester City: Claudio Bravo; Danilo, Kompany, Mangala e Delph; Fernandinho, Gundogan e Yayá Touré; Bernardo Silva, Zinchenko e Gabriel Jesus.

O Shakhtar nem precisou de saber o resultado do outro jogo do grupo, mas a verdade é que o Nápoles ainda foi derrotado em Roterdão, pelo Feyenoord (2-1). O português fez um golaço na vitória do Real por 3 a 2 contra o Borussia Dortmund e se tornou primeiro jogador da história a marcar em todos os seis jogos da fase de grupos da Liga dos Campeões.

Ller este