Operação Caribdis: PF realiza busca em casa de empresário de Limeira

Operação Caribdis: PF realiza busca em casa de empresário de Limeira

Agentes da Polícia Federal em Alagoas cumprem mandados de busca e apreensão no apartamento do ex-governador Teotônio Vilela, localizado no edifício Tiziano Veceli, na orla de Jatíuca, na manhã desta quinta-feira (30).

Entre os alvos das buscas está a residência em Maceió do ex-governador de Alagoas Teotônio Vilela Filho (PSDB), pré-candidato ao Senado em 2018. A ação policial denominada "Operação Caribdis", conta com o cumprimento de 11 Mandados de busca e preensão expedidos pela 2ª Vara Federal de Alagoas, em Maceió, e nas cidades de Salvador/BA, Limeira/SP e Brasília/DF.

Além de Marco Fireman, hoje no Ministério da Saúde, outros nomes que ocuparam a Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra) entre os anos-alvo da operação também estão sob investigação. Segundo a PF, também há investigados ligados a órgãos públicos, mas não especificou quais.

Arquitetada pela Superintendência Regional Polícia Federal (PF), em Alagoas, com participação direta do Ministério Público Federal (MPF), a operação em andamento tem como objetivo colher materiais que comprovem os indícios de fraude na licitação, desvio de verbas públicas, corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

O Canal do Sertão é uma obra hídrica para minimizar os efeitos da seca e promover o desenvolvimento socioeconômico das regiões do semiárido. A PF foi autorizada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a utilizar também provas obtidas por meio de delações premiadas feitas por pessoas ligadas à construtora Odebrecht. "A elas se somaram relatórios do Tribunal de Contas da União, constatando sobrepreço em contrato firmado entre o Governo de Alagoas a referida empresa no montante de R$ 33.931.699,46", explica a assessoria de comunicação da PF em Alagoas.

Carvalho, que participa diretamente das investigações, relatou que a obra chegou a ser superfaturada em R$ 70 milhões, 10% do valor total previsto para a construção.

Ller este