Bombeiro furta viatura, é perseguido e preso na Esplanada — Vídeo

Bombeiro furta viatura, é perseguido e preso na Esplanada — Vídeo

Por volta de 1h50, o veículo foi interceptado na via S1, na altura do Ministério do Planejamento, momento em que viaturas do PATAMO e da ROTAM efetuaram disparos contra os pneus do veículo.

Um colega de corporação do bombeiro que furtou um caminhão e dirigiu em alta velocidade na Esplanada dos Ministérios até ser parado a tiros pela polícia, na madrugada deste domingo (3/12), contou ao Correio que ninguém imaginava que o 2º sargento Fabrício Marcos de Araújo pudesse fazer o que fez. Em diálogos que o Jornal de Brasília teve acesso e que podem ser ouvidos clicando aqui, o bombeiro ameaçou "atropelar todo mundo" se a Polícia Militar não parasse de atirar contra ele. O Correio já havia apurado que ele tem 44 anos e é lotado no 8º Grupamento de Bombeiro Militar.

Segundo informações da PMDF, o veículo foi retirado do quartel sem autorização.

"Durante todo o percurso viaturas da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros acompanhavam o veículo e balizavam o trânsito no sentido de evitar acidentes", afirmou. A PM foi acionada pelo telefone 190 e, na perseguição, deu várias ordem de parada ao condutor, sem sucesso.

A interceptação aconteceu perto das 2h, já na Esplanada dos Ministérios, próximo à Praça dos Três Poderes, a uma distância de quase 30 quilômetros do quartel.

Após os tiros, o bombeiro perdeu o controle do veículo, que atingiu o meio-fio e parou.

O segundo sargento foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML) para exame clínico. Desde que soube do ocorrido, a família do suspeito ficou "muito abalada" e está recebendo apoio de outros bombeiros, que acionaram advogados para orientar os parentes como agir.

Ller este