Novembro Azul, uma mobilização para salvar vidas

Novembro Azul, uma mobilização para salvar vidas

O especialista é capaz de realizar uma avaliação individualizada sobre o risco de desenvolvimento do câncer de próstata. "Eu me sinto muito feliz de estar aqui, muito agradecido a Deus", declarou Arthur Virgílio. A partir disso, o médico define a periodicidade da realização de exames. "Os exames não tiram a masculinidade de ninguém", afirmou. E é possível curar os pacientes.

Após a solenidade para o acendimento das luzes na Ponta Negra, o prefeito e a primeira-dama visitaram os estandes montados para divulgação da campanha e o ônibus oficial ornamentado em rosa - em referência ao outubro Rosa - e o azul da campanha atual.

No dia 12 de novembro, das 10h às 12h, irá acontecer uma caminhada no Parque do Povo com o Secretário do Esporte e Saúde em prol da campanha Novembro Azul.

Dois exames iniciais têm grande importância para o diagnóstico da doença: o exame de sangue, por meio do Antígeno Prostático Específico (PSA), e o exame de toque, ambos cobertos pela Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde que determina a cobertura mínima obrigatória dos planos de saúde. "Os homens precisam perder o medo do consultório".

"A prevenção sempre é o melhor remédio e devemos estimular a conscientização da sociedade de várias formas".

Cerca de 1 em 7 homens será diagnosticado com câncer de próstata durante a vida.

Veja no site da SPR mais informações sobre o Novembro Azul e dados sobre o câncer de próstata.

O câncer de próstata é o segundo tipo que mais acomete os homens, só ficando atrás do câncer de pele não-melanoma.

Para prevenir o câncer de próstata é necessário seguir alguns hábitos que que são: manter uma dieta saudável (legumes, frutas, verduras, graus e cereais), evitar gorduras principalmente de animal; fazer atividades físicas ao menos 30 minutos e cinco vezes por semana; controlar o peso; limitar o consumo de álcool e cigarros. Serão produzidos vídeos curtos, abordando temas sobre a saúde masculina.

Para se prevenir, a orientação é a mesma dada em relação aos outros tipos de câncer: os cuidados devem começar cedo.

"A partir dos 40 anos e mesmo sem sintomas da doença, o homem deve procurar o urologista para fazer o exame PSA, que é feito pela coleta de sangue".

A cada 10 homens com câncer de próstata, 9 têm mais de 55 anos de idade.

Ller este