Liga da Justiça bate recorde de bilheteria de estreia no Brasil

Liga da Justiça bate recorde de bilheteria de estreia no Brasil

Os heróis da DC Comics podem ultrapassar o recorde dos lançamentos de "Capitão América: Guerra Civil" (2016), com R$ 44 milhões; "Batman vs. Superman: A Origem da Justiça" (2016), com R$ 41 milhões; e "Esquadrão Suicida" (2016), com R$ 39 milhões arrecadados nos primeiros dias de exibição.

Filme da 'Liga da Justiça' presta ou não presta? Ele tenta interagir de forma amistosa e descontraída com seus novos colegas, nem sempre sendo correspondido, especialmente pelo Ciborgue (Ray Fisher), membro mais sisudo do grupo. Apesar de ter sido dirigido, em grande parte, por Zack Snyder, o mesmo responsável por Homem de Aço e Batman vs. Superman, a primeira aventura dos personagens contou com roteiro e novas cenas gravadas por Joss Whedon. "Você não pode estar por perto de Jason Momoa e não ter tensão sexual", brincou Affleck.

Quanto a trilha foi excepcional, agradando a todos os fãs e fazendo com que eles integram ao filme, com temas clássicos da DC.

Snyder é o único creditado como diretor do filme. Cada sequência introduzindo um deles parece pertencer a um filme diferente, com o humor do Flash completamente fora de sincronia com a ação sisuda do Batman; e as amazonas - para além do novo uniforme sexista - bem menos empoderadas e deslocadas sem a direção de Patty Jenkins. "Eles definitivamente trabalharam juntos para fazer algo especial", continuou. "Só espero que não seja tarde".

Na história do filme, esse agrupamento é fundamental para a vitória ser factível. Mas não há como negar que o longa seja bem melhor que o esquizofrênico "Batman vs Superman".

Liga da Justiça

Infelizmente essa não foi, foi sem graça na minha opinião, isso porque estou sendo realista, sou DCnauta assumido, todos sabem disso, mas infelizmente o filme quis imitar Vingadores, isso foi falta de coragem e isso eu não posso perdoar.

O filme é um banho de referência para os fãs mais saudosos e leitores das histórias em quadrinhos da DC, que conhecem os personagens mais a fundo.

Mas sinceramente aguardo ansiosamente pela versão estendida (se houver uma). Estão previstos os lançamentos de Aquaman (2018) e Shazam (2019), ambos em fase de pré-produção, e a continuação de Mulher Maravilha, além do segundo episódio de Liga da justiça, sugerido numa das duas cenas pós-créditos da estreia de hoje.

Impulsionado pela restauração de sua fé na humanidade e inspirado pelo ato altruísta do Superman, papel de Henry Cavill, Bruce Wayne, vivido por Ben Affleck, convoca sua nova aliada Diana Prince, interpretada por Gal Gadot, para o combate contra um inimigo ainda maior. Exceto Batman (Ben Affleck) e Mulher Maravilha (Gal Gadot) que mostram terem o pleno conhecimento de seus poderes, Ciborgue (Ray Fisher), Flash (Ezra Miller) e Aquaman (Jason Momoa) vimos ainda que não atingiram a total dominação de seus poderes, tanto assim grandes chances para vemos mais dos poderes deles nos futuros filmes da DC. O filme tem estreia prevista para 16 de novembro de 2017 nos cinemas brasileiros.

Ller este