PSG 'arruma' Anderlecht sem dificuldades, Bayern vence Celtic

PSG 'arruma' Anderlecht sem dificuldades, Bayern vence Celtic

Depois dos 30 minutos, o ritmo do jogo diminuiu de intensidade e o PSG voltou a ter o domínio das ações. Ainda não pontuou e não marcou gols, mas já sofreu 10.

Depois do baque inicial, o Anderlecht acordou e foi para cima dos visitantes na tentativa de igualar o confronto.

No lance, Neymar disparou com a bola rumo à área belga e soltou a bomba. Caso o brasileiro seja o vencedor, o Paris Saint-Germain está disposto a desembolsar 3 milhões de euros (cerca de R$ 11 milhões) como forma de contribuição ao ótimo desempenho do atacante no clube parisiense. Com apenas dois minutos, Mbappé recebeu pela direita, tabelou com Verratti e bateu cruzado, mesmo com pouco ângulo. Já no final da primeira etapa, aos 44 minutos, o PSG, enfim, ampliou. Sels defendeu parcialmente e a bola sobrou para Mbappé tocar para Cavani marcar de cabeça, quase debaixo do gol. Mbappé, de cabeça, mandou a bola para a cabeçada fatal do artilheiro Cavani. Seis minutos depois, Neymar usou da inteligência para deixar o seu.Em falta próxima a área, bateu firme por baixo da barreira e matou o goleiro Sels. Foi o terceiro gol do brasileiro em três jogos pela Liga dos Campeões na atual temporada.

Na outra partida do grupo disputada nesta quarta-feira, o Bayern de Munique deixou para trás a dura derrota por 3 a 0 sofrida para o PSG na rodada anterior, derrotando pelo mesmo placar o Celtic, gols de Thomas Muller, Joshua Kimmich e Matt Hummels.

Primeiro, o time mandante criou perigo ao goleiro Aréola, que fez boa defesa em chute de Teodorczyk. No rebote, Henry Onyekuru explodiu a bola no travessão. Entraram Draxler, Lo Celso e Di María. Para os dirigentes, o dinheiro que será dado a Neymar não irá interferir nas finanças do time, já que caso seja eleito, o craque vai ter ótimas apresentações e ter conquistado torneios importantes como o Campeonato Francês e/ou a Liga dos Campeões.

Realmente não é fácil segurar um time que tem Mbappé, Cavani, Neymar e um reserva como Di Maria.

O duelo foi especial pelo retorno do técnico Jupp Heynckes à Liga dos Campeões na beira do campo.

O resultado manteve o PSG com 100% de aproveitamento e na liderança do Grupo B, somando nove pontos após três jogos.

Ller este