O bate-boca entre Gilmar Mendes e Luis Roberto Barroso

O bate-boca entre Gilmar Mendes e Luis Roberto Barroso

Nesse julgamento, os ministros Luís Roberto Barroso, Edson Fachin e Rosa Weber se manifestaram no sentido de que não é crime a interrupção voluntária da gestação efetivada no primeiro trimestre, além de não verem requisitos que legitimassem a prisão cautelar dos funcionários e dos médicos da clínica, como risco à ordem pública, à ordem econômica ou à aplicação da lei penal.

"Os movimentos em favor dos animais arguem a inconstitucionalidade desta lei e nós por maioria, eu votei contra [derrubar a lei], decidimos proibir a vaquejada".

Com o julgamento finalmente terminado, o plenário do Supremo manteve a decisão da Assembleia Legislativa do estado do Ceará que extingue os Tribunais de Contas dos municípios do estado. Isso não é Estado de Direito, isso é estado de compadrio.

"Em resposta, Barroso disse que Gilmar tem parceria com a leniência em relação à criminalidade do colarinho branco". Sem dúvida, Mendes e Barroso perderam uma oportunidade ímpar de ficarem com a boca fechada, principalmente porque o STF é das poucas instituições que, aos trancos e barrancos, ainda goza de certa confiança do povo brasileiro. "Vossa Excelência, quando chegou aqui, soltou doutor José Dirceu", rebateu Mendes, sugerindo que Barroso julgou os embargos infringentes que liberaram o ex-ministro.

Para encerrar a discussão, Cármen Lúcia lembrou aos colegas que eles estavam "no plenário de um Supremo Tribunal" e que ela gostaria de voltar ao caso em julgamento. "Vossa Excelência vai mudando a jurisprudência de acordo com o réu".

"Não estou fazendo nenhuma ironia".

Gilmar fez uma ironia com o Rio de Janeiro e Barroso se incomodou. Mas à época se dizia 'devemos seguir o modelo do Rio'.

"Deve achar que é Mato Grosso, onde está todo mundo preso", interrompeu Barroso, em referência ao Estado natal de Gilmar. Na realidade o processo de Dirceu ainda está pendente, e não há qualquer fundamento jurídico para que se tome o seu caso como exemplo de uma distorção ou parcialidade. Disse que o colega "não trabalha com a verdade". "Vossa Rxcelência deveria ouvir a última música do Chico Buarque: 'a raiva é filha do medo e mãe da covardia'. vossa excelência fica destilando ódio o tempo inteiro. Use um argumento", cobrou.

A agenda oficial de Gilmar Mendes só foi divulgada na página do STF depois que o ministro já tinha participado do evento.

Ller este