Madrasta de Isabella Nardoni deixa prisão para o Dia das Crianças

Madrasta de Isabella Nardoni deixa prisão para o Dia das Crianças

A detenta Anna Carolina Jatobá - condenada pelo assassinato da menina Isabella Nardoni, ocorrido em 2008 - deixou a Penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier, em Tremembé, no interior de São Paulo, na manhã desta quarta-feira (11), para gozar do benefício da chamada 'saidinha do Dia das Crianças '.

A progressão do regime de Ana Carolina aconteceu devido o resultado de um laudo psicológico apresentar que é praticamente nula a possibilidade dela cometer um novo crime. Ela foi beneficiada pela saída temporária do Dia das Crianças. Essa é a primeira vez que ela deixa a penitenciária em Tremembé (SP). Ela foi recebida do lado de fora por uma mulher não identificada e não quis dar entrevistas.

Ela precisa voltar para cadeia às 17h da tarde da próxima segunda-feira (16). A madrasta de Isabella informou à Justiça que pretende passar o feriado com os filhos, de 10 e 12 anos, na capital paulista. Eles moram com a família dela em São Paulo.

Anna Carolina Jatobá foi condenada a 26 anos e oito meses de prisão, em 2010, por homicídio triplamente qualificado, ao lado de seu marido e pai da vítima, Alexandre Nardoni, condenado a 31 anos. Questionada sobre a concessão do benefício nem a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), nem o advogado da detenta quiseram se manifestar.

Quem também deixou a mesma prisão foi Suzane von Richthofen, condenada pela morte dos pais em 2002. Ele cumpre pena no regime fechado e só vai poder peir progressão de regime em julho de 2019.

O namorado foi ao local buscá-la em um Gol.

Ller este