Lendário cantor e pianista americano, Fats Domino morre aos 89 anos

Lendário cantor e pianista americano, Fats Domino morre aos 89 anos

Antoine Dominique Domino, como é registrado oficialmente, partiu nesta quarta-feira (25), aos 89 anos.

Entre os hits que lançou está Ain't that a shame (1955), regravada por Pat Boone.

Na adolescência, trabalhou numa fábrica, mas o seu talento para o piano foi descoberto muito cedo.

O Independent conta que começou a carreira em 1949 e fez dupla com o trompetista Dave Bartholomew, que produziu e co-escreveu o primeiro álbum de Fats Domino nesse mesmo ano - The Fat Man. Em cinco décadas, o artista vendeu mais de 65 milhões de discos.

Natural de Nova Orleães, Domino levou um pouco do estilo "boogie-woogie" da cidade dos blues para o rock'n'roll e gravou com nomes como os Beatles ou Elvis Presley.

Ele foi também um dos primeiros a entrar para o Rock & Roll Hall of Fame em 1986.

Em 1987, venceu um Grammy de carreira e, em 1998, foi distinguido pelo presidente Bill Clinton com a Medalha Nacional das Artes. Ele só parou de se apresentar depois da passagem do Furacão Katrina por Nova Orleans em 2005 - na época a sua morte chegou a ser divulgada já que ele foi dado como desaparecido. A edição americana da Rolling Stone também o considerou o 25° artista mais importante da história do rock.

Ller este