Gás de cozinha fica 12,9% mais caro a partir desta quarta-feira

Gás de cozinha fica 12,9% mais caro a partir desta quarta-feira

O preço do gás de cozinha (GLP) nas refinarias será aumentado em 12,9% a partir de quarta-feira, divulgou a Petrobras nesta terça.

"O porcentual de reajuste foi calculado de acordo com a política de preços divulgada em 07/06/2017 e reflete, principalmente, a variação das cotações do produto no mercado internacional", informou a estatal, em comunicado. Isso significa que os repasses dependerão das distribuidoras e revendedores.

A empresa destacou que o ajuste não tem incidência de tributos.

Se for integralmente repassado aos preços ao consumidor, a companhia estima que o preço do botijão de GLP P-13 pode ser reajustado, em média, em 5,1% ou cerca de R$ 3,09 por botijão. O Sindigás disse ainda que, mesmo com o novo reajuste, o GLP ainda registra defasagem de 6,08% em relação ao preço do produto importado.

De acordo com o Sindigás, essa defasagem inibe investimentos privados em infraestrutura no setor de abastecimento.

Também amanhã (11) entram em vigor novos reajustes para diesel e gasolina.

O aumento deve ocorrer após o reajuste de 12,9% anunciado pela Petrobras.

A nova política de preços da Petrobras tem afetado semanalmente o preço de derivados de petróleo no Brasil. Com o novo modelo, a Petrobras espera acompanhar as condições do mercado e enfrentar a concorrência de importadores. "Entre os meses de agosto e setembro houve dois pequenos aumentos".

São Paulo - Pesquisa sobre o perfil de pessoas com 50 anos ou mais indica que 36% estão presentes no mercado de trabalho.

Ller este