Operação Independência da PRF registrou 13 acidentes no TO; duas pessoas morreram

Operação Independência da PRF registrou 13 acidentes no TO; duas pessoas morreram

Ao todo, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) registraram 99 acidentes, com 99 pessoas feridas e 14 vítimas fatais.

A PRF encerrou à meia-noite de ontem, 10, a "Operação Independência 2017", realizada nas rodovias federais de todo o país.

O índice de acidentes violentos nas rodovias federais que cruzam o Rio Grande do Norte registrou redução no período do feriado de 7 de setembro, quando comparado com o feriado anterior de Corpus Christi. Foram 99 acidentes com 99 feridos. A infração mais numerosa é a de veículos flagrados em excesso de velocidade: foram 933 autuados nos cinco dias de operação da PRF. Isso dá em média cerca de 75 infrações a cada hora.

No que tange à prática ilegal de consumir bebida alcoólica e assumir a direção de veículo automotor, tem-se que a PRF intensificou sua atuação no combate a referida conduta.

De acordo com os dados repassados pelo inspetor Jonas Mata, assessor da Polícia Rodoviária Federal (PRF), os policiais realizaram 1.229 testes de alcoolemia durante toda a operação.

O acidente mais grave do feriado, ocorreu no domingo (10), na BR 285, em Entre-Ijuis, por volta das 15h, envolvendo um Peugeot/208 de Coronel Barros, que ao cruzar a pista para acessar área lindeira à esquerda, veio a ser colidido por uma carreta Iveco de Novo Barreiro.

A infração é constatada quando o condutor transitar em velocidade superior à máxima permitida para o local, conforme previsto no art. 218 do CTB.

Um total de 674 veículos foram flagrados pelo excesso de velocidade, enquanto 1.379 testes de bafômetro foram realizados, resultando em 25 autuações e duas prisões de motoristas sob efeito de álcool.

Ller este