Morre na França Pierre Bergé, ex-companheiro de Yves Saint Laurent

Morre na França Pierre Bergé, ex-companheiro de Yves Saint Laurent

A sua fundação anunciou a morte, "durante o sono" devido a "longa doença", na paz de sua casa, em Saint Rémy da Provença.

Além de estar por trás da grife francesa, Bergé foi um grande colecionador de arte e filantropo, promovendo campanhas em prol dos direitos homossexuais e apoiando pesquisas envolvendo a Aids.

Bergé conheceu Yves Saint Laurent em 1958.

Pierre Bergé, um dos fundadores da Saint Laurent, morre aos 86 anos

Depois da morte de Yves Saint Laurent, em 2008, Bergé dedicou-se à preservação do legado de Yves Saint Laurent, digitalizou todos os arquivos, foi responsável pela produção de um documentário sobre o relacionamento que manteve com Yves e acompanhou de perto um filme biográfico sobre a vida e obra do designer. Em 2010, se tornou acionista majoritário do grupo que edita o jornal "Le Monde", ao lado de outros dois empresários, Xavier Niel e Matthieu Pigasse.

Cofundador da marca Yves Saint Laurent. Em março deste ano, Bergé tinha se casado com o paisagista americano Madison Cox.

Ller este