Ministério Público investiga compra de casa de Medina

Ministério Público investiga compra de casa de Medina

"Repito, adquiri uma casa como qualquer cidadão".

A candidata do CDS-PP à Câmara de Lisboa criticou nesta quinta-feira Fernando Medina pela suspeição lançada sobre todas as candidaturas à Câmara de Lisboa da denúncia que originou a investigação do Ministério Público à compra de um imóvel pelo autarca socialista. Luís Bívar. Explica que, em junho de 2016, teve conhecimento de que o apartamento em frente ao dos seus sogros estava à venda, informação que lhe chegou por via de amigos dos pais da mulher que viram um anúncio no site da imobiliária Homelovers.

As primeiras notícias sobre a compra da casa, pelo Observador, davam conta de que Medina tinha declarado ao Tribunal Constitucional (TC) um sinal de 220 mil euros pelo imóvel, mas não actualizou a sua declaração de património com o valor restante da transacção quando efectivou a compra da casa em Setembro de 2016.

A casa das Avenidas Novas que Fernando Medina adquiriu pertencia a Isabel Maria Teixeira Duarte.

Questionado sobre o potencial conflito de interesses pelo matutino, Medina remeteu a sua posição para o último ponto de um comunicado que publicou esta quarta-feira, no seu site da campanha autárquica.

Em resposta enviada à Lusa na terça-feira, a Procuradoria-Geral da República (PGR) confirmou que "a matéria relativa à compra do imóvel" de Fernando Medinareferida numa denúncia anónima" recebida em finais de Agosto e que a participação foi remetida ao Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa "onde se encontra em investigação".

Nas suas declarações, o autarca admitiu ainda ter pago "um preço acima do solicitado pela agência" e ter comprovado que o preço pago "é superior à média praticada naquela zona para imóveis equivalentes e totalmente em linha com os imóveis que foram transacionados naquele prédio". "Por ser impróprio, irreal e absurdo", apontou. Nesta tabela, surgem os preços a que a TDF - Sociedade Gestora de Fundos de Investimento Imobiliários do grupo Teixeira Duarte - vendeu 10 apartamentos e as duas segundas compras.

Como a SÁBADO avançou, o imóvel custou 645 mil euros por Medina.

Questionado pelo i sobre se os dados foram solicitados à Teixeira Duarte, Fernando Medina esclareceu que resultaram de ter consultado pessoalmente "as escrituras, da mesma forma que vários órgãos de comunicação social o fizeram, depois de ida às conservatórias". Já a antiga casa do casal, na Rua Viriato, foi vendida por 490 mil euros no ano passado quando tinha sido adquirida por 360 mil euros, uma valorização de 36% no mesmo período. Nas Finanças, têm um valor patrimonial de 439,279 mil euros determinado em 2015.

Ller este