Santos tem derrota na Fifa contra Barça e Neymar; clube vai recorrer

Santos tem derrota na Fifa contra Barça e Neymar; clube vai recorrer

A defesa de Neymar sustenta que a decisão é relacionada a todos os pedidos do Santos, incluindo os contra o Barcelona, o pai do jogador, Neymar da Silva Santos, e as empresas da família que gerem a carreira do atleta.

Outro questionamento da diretoria santista é referente à assinatura de contrato de Neymar com o Barcelona (ESP), alegando que, se o acerto aconteceu em 2011 e a transferência em 2013, as duas partes teriam infringido o regulamento da Fifa. Além disso, o clube considera que os argumentos apresentados à entidade máxima do futebol sobre o caso são mais que suficientes para um parecer favorável de forma total. Mas é especulado que os valores se referem a um prêmio de 2 milhões de euros que o jogador receberia se fosse indicado como um dos três melhores jogadores do mundo. Como de costume, a Fifa não divulga as razões de sua decisão. De acordo com a decisão do árbitro único, o FCB foi condenado a pagar ao SFC o valor de dois milhões de euros, mais juros de 5% ao ano desde 31 de maio de 2015.

A FIFA comunica apenas o resultado final. "Em consequência, SFC recorrerá ao Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), em Zurich, que é a instância superior às decisões da FIFA, para que o TAS resolva as questões em litígio e o SFC confia em obter uma decisão ainda mais favorável no TAS". Por isso não conhecem os fundamentos jurídicos que o tenham justificado.

Assim, o Santos tem a convicção sobre seus direitos e tem provas mais do que suficientes das graves violações perpetradas pelos Demandados.

Ller este